.

.

Equipamentos Clark S. A. (Parte II)

sábado, 13 de dezembro de 2014


Em 21 de outubro de 1958, chegou ao Brasil, o Sr. Martin E. Graham, vice-presidente da Clark Equipment International C. A., que veio tratar de assuntos relacionados com a fabricação de máquinas Clark e Michigan no país, em consorciação com Equipamentos Clark-Piratininga S. A e Equipamentos Clark Mac. S. A..

Em 14 de maio de 1959, o Sr. Walter E. Schirmer, presidente da Clark Equipment International C. A., veio ao nosso país tratar de assuntos ligados a suas subsidiárias brasileiras.


* A Equipamentos Clark Mac S. A.

Em atenção à demanda potencial da indústria automobilística (que começava a se implantar no Brasil), a Clark associou-se a uma pequena empresa nacional fabricante de engrenagens.

Assim, aos 09 de junho de 1958, Mac S. A. Indústria e Comércio e Clark Equipment International C.A. criaram a Equipamentos Clark Mac S. A., com sede em Valinhos - SP.

A empresa tinha por objeto a comercialização, importação e exportação de engrenagenseixoscâmbiostransmissões, tomadas de força, diferenciais e outros produtos correlatos ou afins.

A diretoria da empresa era formada por 05 nomes: Demosthenes Madureira de Pinto (diretor presidente), José Mendes Borges (diretor vice-presidente), Antonio Forgach (diretor superintendente), Jorge de Souza Rezende (diretor tesoureiro) e Arthur Bennett (diretor secretário).


* A Equipamentos Clark do Brasil Ltda.

Através de um contrato firmado em 17 de agosto de 1959, entre a Clark Equipment International C. A. e a Canadian Clark Ltd. (ou Clark Equipment of Canada Ltd.), fez surgir a Equipamentos Clark do Brasil Ltda, situada a Rua Libero Badaró, 293, São Paulo.


* O anúncio das unidade fabril

Equipamentos Clark Mac S. A., anunciou em agosto de 1958, um investimento de US$ 3.000,000 na construção de sua fábrica em Valinhos-SP, ora iniciados.

Segundo informações, a unidade fabril de Valinhos, resultou na constituição da Clark International  C. A., da Valinco - Administração e Comércio S. A.e da Mac S. A. Indústria e Comércio.

A construção da fábrica, foi realizada pela Racz Construtora Ltda, cujas bases foram lançadas em 25 de julho de 1958. Em agosto de 1959, dava-se o término da construção da unidade.

Num terreno de 210 mil m², foram construídos as instalações fabris da empresa, que ocuparam uma área de 15 mil m².


* A unidade fabril

Aos 04 de novembro de 1959, era inaugurada a fábrica de eixos e transmissões de Equipamentos Clark Mac SA. no Km 84 da Via Anhanguera, em Valinhos -SP.

Trabalhavam de início na unidade, 446 funcionários, sendo 112 residentes em Valinhos e 324 em Campinas.

Estiveram presentes na inauguração: almirante Lúcio MeiraPaulo Marzagão (secretário do trabalho); José Spadaccia (pref. de Valinhos); José N. Maseli (pref. de Campinas) e autoridades civis e religiosas.

Registra-se a presença de Demosthenes M. PinhoWalter E. Schirmer (Clark Equipment International C. A.), além do barão Edmond de Rotschild.

Nesse mesmo dia, a Promeca S. A., conceituada fabricante de tornos de precisão, leves e pesados, inaugurou em Campo Lindo (Jundiai), sua divisão de transmissões. A fabricação da caixa, tampa e retentor da caixa de transmissão, bem como das peças internas da tampa, foram fornecidas pela Promeca a Equipamentos Clark Mac para montagem de suas transmissões.


* As mudanças e transferências

Em agosto de 1960, a empresa alterou sua razão social para Equipamentos Clark S. A.. Em novembro desse ano, apresentou o primeiro câmbio brasileiro.

Aos 29 de janeiro de 1965, a Equipamentos Clark Piratininga S. A. tornou-se Empilhadeiras Clark S. A., tendo sua sede no município de Valinhos.

Também em 1965, as instalações fabris da Empilhadeiras Clark S. A. foram transferidas para Valinhos.


* Os equipamentos brasileiros e incorporações

Equipamentos Clark não baseou-se somente na fabricação de engrenagens, eixos, empilhadeiras ou transmissões.

Em 1964, inicia-se a produção do escavo-carregador Michigan 75A-II. Outros modelos vieram posteriormente: o Michigan 75-III (em 1966), os Michigan 65R e 35R (em 1971).

Aos 23 de novembro de 1968, a Empilhadeiras Clark S. A. é incorporada a Equipamentos Clark S. A..

Fabricadas no Brasil desde 1969, as empilhadeiras elétricas Clark TW-20/25 destacavam-se na modalidade de girar sobre si mesma. Ela tinha 03 rodas e realizava manobras flexíveis. Era a solução para quem tinha problemas de espaço-armazenagem.

Em 1970, Equipamentos Clark S. A. e o DER - Departamento de Estradas de Rodagem, celebraram a entrega de 47 escavo-carregadores Michigan 75-III. As máquinas, tinham a assistência do distribuidor Lark S.A. Máquinas e Equipamentos.

Em 1971, a Equipamentos Clark S. A. lançou um kit de carroçeria para caminhões, de alumínio: o cargo-van (furgão de carga). Ele foi produzido em 02 séries, com vários tamanhos, de 7,25m³ a 78,17m³ de capacidade.

Quase no final de 1972, anunciou duas novas pás-carregadeiras: o Michigan 75-HD e o Michigan 55 articulado. Os demais modelos Michigan 35R75-III e 65R permaneceram em produção.
  
Em outubro de 1973, as Indústrias Campos Salles Ltda., é incorporada a Equipamentos Clark S. A., na qual criou a divisão Tyler de refrigeração do complexo brasileiro. Balcões frigoríficos para supermercados, câmaras frigoríficas desmontáveis, equipamentos frigorícos para hotéis, restaurantes e lanchonetes passam a integrar a linha de produção no Brasil.

Aos 09 de novembro de 1973, a Equipamentos Clark S. A. lança a pedra fundamental da área a ser construída a próxima unidade fabril em Pederneiras, estado de São Paulo.


* A nova unidade fabril

O anúncio de que Pederneiras-SP seria a cidade escolhida, depois de pesquisas e estudos, foi feito em setembro de 1973, após reunião da diretoria e representantes da matriz norte-americana.

Na solenidade de lançamento da pedra fundamental, estavam presentes: Michel Neme (Prefeito de Pederneiras), Laudo Natel (Governador), além de vereadores e outras autoridades civis e militares.

Foram 10 meses de trabalho. A nova unidade tinha 07 modernos pavilhões em um terreno de 430 mil m², cobrindo 26 mil m² da área, no Km 365 da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, entre os municípios de Jaú e Bauru.

A área onde estava instalado a unidade de Valinhos, não tinha mais condições de expandir as instalações industriais que passaram de 32 mil m² em 1972 para 50 mil m² em 1973.

Aos 22 de fevereiro de 1975, dava-se início as operações da nova unidade fabril de Equipamentos Clark S. A..


* Os guindastes móveis

Em 1976, a empresa lançou no mercado os guindastes móveis: os Austin-Western 714 e 720Os guindastes móves Austin-Western foram fabricados no Brasil até 1987.


* A mini-carregadeira

Em dezembro de 1977, Equipamentos Clark lançou no mercado brasileiro seu mais novo equipamento: o Bobcat. Esse equipamento foi fabricado no Brasil até 1989.


* Outros produtos

Em 1970, a empresa lançou no mercado brasileiro a caixa de mudanças sincronizada Clark 280 V, com 5 marchas. Ela tinha 350 libras-pé (48,3 kgm) torque de saida do motor.

Na manhã do dia 24 de fevereiro de 1978, saiu da linha de produção em Valinhos, a caixa de mudanças de número 2.000.000.

Em 1978, a empresa tem sua razão alterada para Equipamentos Clark Ltda.

Em setembro de 1979, a Clark lançou a primeira transmissão Power Shift no Brasil. No mesmo mês, a empresa exportou para o Paraguai 23 escavo-carregadores Michigan 75-III e 02 unidades do Michigan 55. No ano seguinte veio a segunda família de transmissões Power Shift: a 18000.

Em 1982, a Clark International Marketing S. A. é incorporada a Equipamentos Clark Ltda. Criada no Brasil em 1974, a Clark International Marketing Ltd, era um organismo internacional para criar condições apropriadas para a comercialização de máquinas Clark Michigan e operava em conjunto com a Equipamentos Clark. O escritório funcionava na Rua da Assembléia, 40 - 11° andar - Rio de Janeiro.

Em dezembro de 1982, foi anunciado o nome do novo presidente (a partir de fevereiro de 1983) de Equipamentos Clark Ltda Harold Laird Bowman. Ele viveu 25 anos no Brasil, apesar de ser engenheiro norte-americano e substituiu Jorge C. Delatorre, por motivos de aposentadoria.

Outros modelos de escavo-carregadores foram apresentados: o Michigan 125A (em 1978), os Michigan 45C e 125C (em 1981), e o Michigan 55C (em 1984).

Em 1985, a empresa atinge a marca de 4.000.000 de transmissões fabricadas no Brasil.


* A Clark Michigan Máquinas e Equipamentos Ltda.

Em 01 de janeiro de 1985, a empresa tem sua razão social novamente alterada. Desta vez, para Clark Michigan Máquinas e Equipamentos Ltda.

Cerca de 11 escavo-carregadores Michigan 125C foram entregues a empresas do Mato Grosso do Sul para extração de calcário. O Michigan 125C era uma máquina versátil, ágil e robusta. Ele tinha motor diesel de 235 hp, transmissão modulada Clark, nacional Power Shift, que permitia suave reversão de marcha à plena potência, além de caçamba com capacidade de 3 a 4 yd³ ou 2,67 a 3,82 m³.

Em janeiro de 1987, chegou ao Brasil, o presidente da VME Group N.V., Eric Johanson, para anunciar mudanças na Clark Michigan.

Clark Michigan Máquinas e Equipamentos Ltda. tornou-se independente e alterou o nome para VME Brasil Equipamentos Ltda.


Read more...
EXPEDIENTE: Heavy Machinery - Museum - primeiro museu eletrônico de máquinas e equipamentos pesados do Brasil, é parte integrante do Canal Máquinas & Equipamentos Pesados. É proibido copiar os artigos e fotos deste canal, sem a prévia autorização do autor, ou titular dos mesmos. Qualquer artigo copiado ou fotos, devem conter a fonte original. Espero que todos os leitores saibam produzir seus artigos sem infringir os Direitos Autorais sobre sua Propriedade Intelectual, nos termos da Lei 9610-98 (artigos 101 à 110). Plágio é crime e está previsto no Código Penal (artigos 184 à 186). Todos os artigos estão baseados em informações vigente na data da publicação. O autor se reserva o direito de alterar os artigos sem aviso prévio.

  © Blogger template Foam by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP