.

.

Huber-Warco do Brasil S. A. (Parte I)

sábado, 1 de novembro de 2014


O grande impulso de desenvolvimento industrial brasileiro; a necessidade imediata de novas, maiores e melhores estradas; a imensidão do nosso território, levaram a uma demanda crescente dos equipamentos Huber-Warco no Brasil.

Esta foi a razão de um grupo de empresas, formado pela Huber-Warco Company (72%) e a Vias e Viaturas S. A. (Banco de São Paulo/Almeida Prado- 28%) com sede em São Paulo - SP, à Avenida do Estado, 6593, a criarem a subsidiária brasileira.

Para nós brasileiros, a contribuição da empresa foi maior: mais de 2000 motoniveladoras fabricadas em 1970. Uma época de exportações para a Argentina e Chile, que trouxe para o Brasil cerca de US$ 8 milhões, correspondente a venda de quase 400 motoniveladoras em nosso país.

Huber-Warco Company foi criada em 07 de dezembro de 1954 em Marion, Ohio, Estados Unidos. O logotipo "H-W" foi usado pela primeira vez nos equipamentos em 01 de fevereiro de 1955. A Via e Viaturas S. A. foi fundada em 29 de abril de 1944.


* A subsidiária brasileira

Huber Warco do Brasil S. A. Indústria e Comércio foi fundada em 07 de novembro de 1957 na cidade de São Paulo-SP.

O escritório (ou sede social) da empresa, era situado na Rua Xavier de Toledo, 123, 5º andar, Conjunto 52.


* A unidade fabril e transferências

Em outubro de 1958, e empresa notificou que estava preparada (ou pronta) para iniciar a construção de sua fábrica em local já previamente escolhido.

Mogi das Cruzes, interior de São Paulo, foi a cidade escolhida. O Bairro César de Souza havia sido loteado para instalação de empresas de médio e grande porte, por seu proprietário o Sr. Pedro Romero. Foi nesse local que Huber-Warco deu início a construção de sua unidade fabril.

Em 1959, a empresa transferiu sua sede social para Avenida Ipiranga, 1097 - 13º andar - em São Paulo, Capital.

Contudo, em dezembro de 1959, tendo em consideração - a unidade fabril instalada em Mogi das Cruzes - comunicou a transferência da sede social para esta cidade.


* A inauguração

Numa área de 100.000 m², a empresa inaugurou sua fábrica em 06 de abril de 1960, quarta-feira, com um investimento de 350 milhões de cruzeiros.

Dentre as autoridades civis, militares, eclesiásticas, estavam presente os Governadores Carlos Alberto Alves de Carvalho Pinto José Feliciano Ferreira, dos estados de São Paulo e Goiás, além da banda de música da Força Pública.

Vieram dos Estados Unidos, Clark T. McConnell e Jay H. Maish, da Huber-Warco Company. Após percorrerem as instalações, o presidente da Huber-Warco do BrasilCorintho Goulart, presenteou o governador Carlos Alberto com uma placa de ouro.

A seguir, inauguraram a unidade, desatando a fita simbólica (pelos dois governadores), ouviram o pronunciamento do presidente de Huber-Warco e assistiram a demonstração da primeira motoniveladora fabricada em nosso país, o modelo 10-D.


* A motoniveladora 10-D

O modelo 10-D (135 hp) tinha peso operacional de 11780 kg. O comprimento da mesma era de 7975 mm, largura de 2413 mm e altura total com cabina de 3170 mm.

Essa máquina foi enviada a Brasília para ajudar na sua construção. A motoniveladora 10-D ajudou a construir a capital federal. Aos 21 de abril de 1960, após 41 meses de obras, Brasília era inaugurada.


* A motoniveladora 11-D

Em 1962, foi apresentado o modelo 11-D (155 hp) que pesava 13000 kg, comprimento de 8000 mm, largura de 2450 mm e altura de 3250 mm. Ambos modelos com motor Mercedes-Benz OM 326.

Quem visitou a FMN - Feira da Mecânica Nacional, realizada entre 09 e 24 de junho de 1962 e, o III Salão do Automóvel (24 de novembro a 09 de dezembro de 1962), puderam ver de perto, o mais novo lançamento brasileiro.

A empresa contava em 1962, com cerca de 256 operários e 390 funcionários.

Estava previsto (para fins de 1960), o início da fabricação do primeiro rolo compressor do tipo tandem de 5,8 toneladas, e seu futuro lançamento no mercado a partir de 1965.

Em 1964, a Huber-Warco lançou a lâmina "bulldozer", equipamento opcional para as motoniveladoras. Ela media 2,75 metros de largura por 0,92 metros de altura, permitindo remoção de até 02 metros cúbicos de terra.


* A direção da empresa

Em 1965, Carlos Valverde C. Sirvello entra para empresa como assistente de vendas. Era presidente de Huber-WarcoGeorge Burwell; diretor comercial, Rodolfo Mottin (pai de Ricardo Mottin), além de Cósimo Amuso Filho (gerente administrativo e financeiro) e outros.

Rodolfo Mottin viajou para os Estados Unidos em julho de 1965, para participar de uma reunião internacional de dirigentes de vendas da Huber-Warco, além de assuntos ligados à ampliação da linha brasileira.

Ele manteve contato com os técnicos do Huber Research Development Center, um dos mais antigos centros de estudos e pesquisas.

Em janeiro de 1966, chegou a São Paulo, procedente de Marion, Ohio, Estados Unidos, Glen A. Burwell, que iria assumir a direção-geral da Huber-Warco do Brasil S. A..

Conforme um noticiário de abril de 1962, a Huber-Warco Company, nomeou Glen A. Burwell como gerente da empresa, juntamente com Paul J. Wolfert (gerente de vendas) e Robert E. Gerber (gerente de engenharia).


* O Grupo Mozer

Em 1965, Huber Corporation deu início a seus esforços para vender a empresa no Brasil. Contudo, de 1966 a 1967, Huber negociou com vários partidos, sem êxito em questão.

O preço inicial foi de US$ 4.000 000. Em agosto de 1967, este foi reduzido a US$ 2.500 000.

Em 1966, Mr. Burwell retornou para os Estados Unidos e para seu lugar, Richard Alex Mozer foi nomeado. Em agosto de 1967, Richard e outro diretor de Huber-WarcoCarlos E. Stroeter, notificaram o seu interesse em adquirir a empresa.

Após vários meses de negociaçãoHuber concordou em vender Huber-Warco ao Grupo Mozer. Contudo, Richard e Carlos criaram a CIFISA, que encarregou da transferência empréstimo.

O acordo foi assinado em 10 de março de 1968, para a venda da subsidiária. Junto com a venda, um acordo de assistência técnica foi assinado, prevendo a Huber-Warco do Brasil e a Huber Corporation, continuar sua associação sobre uma básica licença (cf. folder que possuo).

A CIFISA, foi incapaz da causa de Huber-Warco, no que se refere ao reembolso de empréstimos, quanto de sua totalidade, antes de 14 de fevereiro de 1969, data essa, em que tournou-se acionista (100%) de Huber-Warco do Brasil.


0 comentários:

Postar um comentário

EXPEDIENTE: Heavy Machinery - Museum - primeiro museu eletrônico de máquinas e equipamentos pesados do Brasil, é parte integrante do Canal Máquinas & Equipamentos Pesados. É proibido copiar os artigos e fotos deste canal, sem a prévia autorização do autor, ou titular dos mesmos. Qualquer artigo copiado ou fotos, devem conter a fonte original. Espero que todos os leitores saibam produzir seus artigos sem infringir os Direitos Autorais sobre sua Propriedade Intelectual, nos termos da Lei 9610-98 (artigos 101 à 110). Plágio é crime e está previsto no Código Penal (artigos 184 à 186). Todos os artigos estão baseados em informações vigente na data da publicação. O autor se reserva o direito de alterar os artigos sem aviso prévio.

  © Blogger template Foam by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP