.

.

Clark Equipment Company (Parte II)

domingo, 21 de fevereiro de 2016

Clark Equipment Company adquiriu a Michigan Power Shovel Company em 1953 e estabeleceu sua divisão de máquinas para construção em Benton Harbor, Michigan.

Para uma melhor compreensão desse setor, estarei contando essa história por equipamentos.


1) As pás-carregadeiras e os tratores sobre rodas

A história inicia-se em 1953, quando Clark Equipment Co. adquiriu a empresa Michigan Power Shovel Company, estabelecendo sua divisão de equipamentos para construção.

A sede da empresa era em Benton Harbor, Michigan. Todavia, as primeiras pás-carregadeiras foram apresentadas em 1954. Ei-las: Michigan 75A125A e 175A. Em 1956, surgiu o Michigan 180 Turbo-Dozer, um equipamento de 165 hp de potência.

Em 1957, Clark apresentou as pás-carregadeiras Michigan 275A e 375A, que completaram a linha anterior, ademais dos modelos Michigan 280 e 380 de tratores sobre rodas (wheel Dozers). No ano seguinte, apresentou o trator de rodas Michigan 480.

Em 1965, foi apresentado a pá-carregadeira Michigan 475A. Nessas alturas, a linha tinha expandido para 11 modelos (do 12B ao 475A). O modelo Michigan 275B apareceu em 1970, tendo sua produção até 1980. Em 1970, o protótipo do Michigan 675 foi construído. Esse mostro de pá-carregadeira foi produzido a partir de 1973.

Após Clark-Michigan Company tornar-se uma subsidiária da VME Group N.V.em 1985, o mome Michigan foi gradativamente incorporado a linha Volvo. Em 1994, o nome Michigan foi substituído pelo Volvo e, em 1995, VME Americas Inc. (criada em 1986), tornou-se Volvo Construction Equipment.


2) Os motoscrapers

Os scrapers foram um resultado da divisão de equipamentos de construção criada pela Clark Equipment Co..

Em 1957, Clark-Michigan lançou seus primeiros scrapers. Os primeiros modelos foram os Michigan 110210 e 310. No início de 1964, apresentou o modelo Michigan 410. Esse modelo foi construído até 1970.

Em 1965, veio o primeiro scraper com elevador. O scraper foi desenhado e construído pela Hancock Manufacturing Company, pioneira nesse tipo de equipamento.

Em 1966, Hancock foi adquirida pela Clark Equipment Company e, posteriormente, continuou com o nome até 1972. O maior scraper com elevador, feito pela Clark-Michigan foi o modelo 310H em 1969. Em 1970, veio o modelo 110HT.

Michigan 110-15, apresentado em 1972, foi um modelo para 15 yd³ e era baseado no modelo 110. Pesando 20,7 toneladas, o Michigan 110-15 tinha 225 hp e usava motor General Motors Detroit Diesel 6V-71T.

A linha de scrapers foi descontinuada por Clark em 1981, devido a quedas nas vendas. A fábrica de Lubbock, Texas foi fechada.


3) Os caminhões fora-de-estrada

Clark-Michigan iniciou sua experiência em caminhão fora-de-estrada em 1965. O modelo apresentado foi o Michigan T65, de 65 toneladas de capacidade e poderia ser equipado com motores Cummins ou GM de 700 hp.

Michigan T65, pretendia ser o primeiro da linha de caminhões, mas teve um tempo curto, com apenas 08 unidades fabricadas.

Em janeiro de 1984, a Clark Michigan Company, anunciou a aquisição de Euclid Inc (da Daimler-Bens AG.)

Em 1985, introduziu o modelo R190 e, em abril, uma joint venture foi formada entre Clark Equipment Co. e Volvo AB

Clark contribuiu com sua divisão "Michigan e Euclid" e Volvo com sua divisão "Volvo BM". A nova empresa, como mencionado anteriormente, chamava VME Group N.V.


4) As motoniveladoras, guindastes e draglines

Em 1971 a Clark Equipment Company adquiriu somente a divisão de equipamentos de construção da Greyhound Corporation.

Esta linha consistia na divisão de Austin-Western de Aurora, Illinois; a Lima de Lima, Ohio; e a BLH, localizada em St. Thomas, Ontario, Canadá.

Lima Locomotive Works tornou-se Lima-Hamilton Company em 1947 e BLH - Baldwin-Lima-Hamilton Corporation em 1950.

Baldwin-Lima-Hamilton Corporation adquiriu Austin-Western como subsidiária em 08 de março de 1951. Em 1965, Armour and Company de Chicago, Illinois, adquiriu a Baldwin-Lima-Hamilton. A Armour and Company foi adquirida pela Greyhound Corporation em 1970.

Após a aquisição por Clark, a linha de escavadeiras (draglines) e guindastes móveis tornaram-se conhecidos por Clark-Lima. Em 1965, Lima lançou sua linha de pás-carregadeiras (em 04 modelos); que foi descontinuada por Clark, após a aquisição.

Em 1973, a linha de motoniveladoras foi redesenhada e consolidou-se em 02 séries: a Série 301 e 501. Em 1978, a produção de motoniveladoras foi transferida para a fábrica de Lubbock, Texas.

Essas máquinas foram comercializadas sob a divisão de guindastes de Clark. Em 1981, a fábrica foi fechada. Algumas patentes foram adquiridas pela Grove, embora as máquinas não serem mais fabricadas.


5) Os equipamentos compactos

Em 1969, Clark Equipment Co. adquiriu a Melroe Manufacturing Co., detentora da marca Bobcat de mini-carregadeiras.

Melroe tinha iniciado as vendas do modelo M-600 em 1968, até o surgimento do modelo M-610 e M-700 em 1972. O M-610 possuía motor de 30 hp, pesava 3810 lbs (1728 Kg). O modelo M-970 (lançado em 1970) foi o primeiro de transmissão hidrostática.

Em 1986, teve o aparecimento das mini-escavadeiras. Uma verdadeira transformação da empresa, que diversifica a sua linha de fabricação.

De 1986 a 1993, cerca de 13 modelos de mini-escavadeiras foram apresentados por Melroe. Os últimos a serem lançados foram os modelos 328C Series334C e o 331E-C Series de 27,5 a 40 hp e peso operacional de 5760 lbs (2612 Kg) a 7580 lbs (3438 Kg).

Em 1995, a divisão de Bobcat é adquirida por Ingersoll-Rand Company de Woodcliff Lake, N.J.

Trator de rodas Michigan 480, apresentado em 1958. (foto: arquivo)

0 comentários:

Postar um comentário

EXPEDIENTE: Heavy Machinery - Museum - primeiro museu eletrônico de máquinas e equipamentos pesados do Brasil, é parte integrante do Canal Máquinas & Equipamentos Pesados. É proibido copiar os artigos e fotos deste canal, sem a prévia autorização do autor, ou titular dos mesmos. Qualquer artigo copiado ou fotos, devem conter a fonte original. Espero que todos os leitores saibam produzir seus artigos sem infringir os Direitos Autorais sobre sua Propriedade Intelectual, nos termos da Lei 9610-98 (artigos 101 à 110). Plágio é crime e está previsto no Código Penal (artigos 184 à 186). Todos os artigos estão baseados em informações vigente na data da publicação. O autor se reserva o direito de alterar os artigos sem aviso prévio.

  © Blogger template Foam by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP