.

.

LeTourneau Technologies, Inc..

sábado, 17 de dezembro de 2011


Robert Gilmour LeTourneau (1888 - 1969), ou simplesmente R.G. LeTourneau. Ele tinha sua própria máquina e oficina de soldagem; um inventor de máquinas e equipamentos para terraplenagem e outras mais. Ou melhor dizendo, um dos maiores inventores no setor de terraplenagem.

Durante a Segunda Guerra Mundial (1939 - 1945), suas máquinas representaram quase 70% de todos os equipamentos e veículos utilizados.

Com a ajuda de sua esposa, fundou a LeTourneau Technical Institute em fevereiro de 1946, em Longview, Texas, dedicando às causas cristãs.

Uma escola para educar os veteranos da Segunda Guerra Mundial. Um "LeTourneau Christian Center." ou simplesmente, "God's businessman."

Le Tourneau nasceu no dia 30 de novembro de 1888 em Richford, Vermont. Infelizmente, em 17 de março de 1969, uma doença atacou LeTourneau, da qual ele nunca se recuperaria. Das complicações a seguir, em 01 de junho de 1969, falecia R.G. LeTourneau em Longiew, Texas.

Bem que eu gostaria de contar a história completa da empresa, mas por motivos plausiveis a esta, estarei enfocando somente um resumo sobre a mesma.


* A empresa

A história da empresa pode ser dividida em 02 períodos: o desenvolvimento de equipamentos de acionamento mecânico (1921 - 1953) e os de acionamento elétrico (1953 - 1970).

No primeiro período, por exemplo, temos o surgimento dos scrapers propelidos (rebocado por trator), os carryalls, os tournapulls, os bulldozers e tournadozers, enquanto no segundo, registra-se os electric-diggers e outros equipamentos para terraplenagem e manejo de materiais.

A empresa foi incorporada em 19 de novembro de 1929, em Stockton, Califórnia, como R.G. LeTourneau, Inc.

Fábricas foram abertas em Peoria, Illinois (em 1935), Toccoa, Georgia (em 1939), Rydalmere, Australia (em 1941), Vicksburg, Mississippi (em 1942) e em Longview, Texas (em 1946).

Em 1953, a empresa foi abordada pela Westinghouse Air Brake Company, uma divisão da Westinghouse Corporation de Pittsburgh, Pennsylvania, com uma oferta de compra da mesma; cerca de US$ 50 milhões por toda empresa.


* A LeTourneau-Westinghouse Company

Depois de uma análise em questão, de todas as operações da empresa, ficou decidido que as operações de Longview e Vicksburg não entrariam nas negociações e, o valor, acabou sendo reduzido.

Sendo assim, em 01 de maio de 1953, a venda do direitos de LeTourneau e todos os projetos de máquinas e equipamentos para terraplenagem, e as fábricas situadas em Peoria, Toccoa e em Rydalmere (na Australia), seriam propriedade de LeTourneau-Westinghouse Co., uma nova divisão de Westinghouse Air Brake Company - WABCO.

Contudo, a partir da venda, a empresa estava livre para iniciar uma nova linha de equipamentos pesados (fora projetos militares que tinham iniciado no momento da venda), e a mesma, ficaria fora do setor de equipamentos para terraplenagem, por um período de 05 anos.


* A Marathon LeTourneau Company

Em 25 de agosto de 1970, veio novamente outra tentativa de vender à Marathon Manufacturing Company de Houston, Texas. Finalmente, em 30 de setembro de 1970, R.G. LeTourneau Inc., tornava-se uma subsidiária da Marathon Manufacturing Co..

No início de 1972, o nome da subsidiária foi alterado para Marathon LeTourneau Company.

Antes do natal de 1984, a General Motors e Marathon LeTourneau Company, assinaram um acordo de tranferência da fabricação dos caminhões fora-de-estrada TITAN. Esse acordo foi concluído em 01 de fevereiro de 1985.

A Marathon LeTourneau Co. adquiriu não só o designs dos caminhões 33-15C e 33-19, mas recebeu todos direitos do 33-17.

Em novembro de 1993, Rowan Companies, Inc. de Houston, Texas, anunciou seu interesse em adquirir Marathon LeTourneau. Assim se fez em 11 de fevereiro de 1994.


* A LeTourneau Technologies, Inc.

Depois da aquisição, Rowan mudou o nome da empresa para LeTourneau, Inc. A linha de caminhões Titan acabou sendo descartada. Pelo que consta, em dezembro de 1995 e fevereiro de 1996, a empresa fabricou dois caminhões, para a Iron Ore Company of Canadá - IOC, próximo de Wabush, Newfoundland, Canadá.

Em 01 de dezembro de 2006, a empresa alterou seu nome para LeTourneau Technologies, Inc - LTI.


* A linha de pás-carregadeiras

O início da construção das pás-carregadeiras diesel-elétricas, deram-se em 1960, com o primeiro modelo, a SL-10.

Em 1964 vieram os modelos SL-20, SL-30 e SL-40, respectivamente. No ano seguinte, o modelo SL-15 foi construído.

Finalmente, em março de 1968, os engenheiros de LeTourneau apresentaram o primeiro protótipo de pá-carregadeira diesel-elétrica, usando sistema de contole hidráulico, a L-700 LeTric Loader.

Talvez muitos não sabem, mas o desenvolvimento do novo programa da pá-carregadeira foi confiada a Uoyd A. Molby (engenheiro de longa data com a empresa e pós-graduado pelo LeTourneau Technical Institute) em 1967.

Outros modelos foram apresentados: a L-500 (em 1969), L-700A (em 1973), L-800 (em 1975), L-600 (em 1976) e a L-1200 (em 1978).

Desde a sua construção, LeTourneau é conhecida pelas grandes, ou melhor, as enormes pás-carregadeiras. Assim vieram a L-1000 (em 1982), L-1100 (em 1986), L-1400 (em 1990), L-1800 (em 1993), L-1350 (em 1999) e a L-2350 (em 2000).

Em 2010, LeTourneau anunciou a nova Generation II, o modelo L-1150. A Generation II está disponível em todos os modelos de pás-carregadeiras de LeTourneau.


* A linha de trator de rodas.

Quanto ao trator de rodas, teve o início de seu desenvolvimento em 1943. Contudo, em dezembro de 1945, engenheiros da fábrica de Peoria começaram a testar o primeiro protótipo, o modelo T-200 com 04 pneus e alta velocidade.

Em 1947, introduziu os Tournadozers (modelos A, B, C e D). Após a venda da linha de equipamentos para terraplenagem para a Wabco, a LeTourneau expandiu-se para outros tipos de equipamentos, antes da retormada no setor em 1958.

Em 1960, apresentou a Série K (compreendida pelos modelos K-53 e K-54, K-103 e K-104, K-205) de tratores de rodas.

Em 1969, apresentou o modelo D-450B, durante a realização da Conexpo em Chicago. Esse trator usava a versão da pá-carregadeira L-500.

Em outubro de 1978, por exemplo, introduziu o modelo D-800 LeTro-Dozer. O modelo D-950 foi introduzido em 2004.


* A presença no Brasil

Os registros históricos mais antigos a respeito de Le Tourneau no Brasil são de 1937. Todavia, a história inicia-se em agosto de 1941, com a nomeação de um distribuidor em nosso país: a Lion & Cia Ltda.

A Lion & Cia Ltda representava também, os produtos de La Plante-Choate Mfg. Co, Willamette Hyster Co., e outras marcas.

Em 1944, a representação de R. G. Le Tourneau, Inc. passou a cargo da Sociedade Thela Comercial Ltda e a Geovias Ltda.

Tournapulls, tournatrailers, angledozers, bulldozers, scrapers, guindastes e rooters eram exemplos de equipamentos fornecidos pela representada no Brasil.

Em 1953, era fundada no Brasil a Tratores do Brasil S. A., uma subsidiária da Le Tourneau-Westinghouse. O objetivo da empresa era abastecer e assistir tecnicamente o mercado sul-americano (incluindo o Brasil) de máquinas e equipamentos pesados.

Em 1954, comunicou a aquisição na estrada de Limeira (km 106 da Via Anhanguera), município de Sumaré, comarca de Campinas, um terreno de 108.000 m², para aí instalar sua fábrica.

No fins do ano seguinte, tinha início a produção nacional, quanto ao fornecimento de peças de reposição e posteriormente, a fabricação de alguns itens dos equipamentos.

Em 1956, entregou os primeiros equipamentos nacionais de terraplenagem: 03 unidades do tournarockes à Cavalcante Junqueira S. A.. Em novembro de 1956, entregou os dois primeiros tournapulls à Cia Construtora de Estradas.

Tournapulls, scrapers, motoniveladoras Adams, rolos compactadores e guindastes são exemplos dos equipamentos fabricados no Brasil.

A empresa Serva Ribeiro S. A. (cf. propagandas de novembro de 1955) era a representante de R. G. LeTourneau no setor de equipamentos florestais (desmatamento, destoca e transporte).

Em 1970, a Tratores do Brasil S. A. teve sua razão social alterada para Wabco Brasil Equipamentos S. A. e, posteriormente, nesse mesmo ano, tornou-se Wabco Brasil Equipamentos Ltda..

Em setembro de 1982, a Müller S. A. assume o controle acionário da Wabco Brasil Equipamentos Ltda..

Por outro lado, em 1974, a Marathon LeTourneau Company nomeou a SRR Equipamentos Ltda como seu representante no Brasil.

Essa representação encerrou-se em dezembro de 2008, quando iniciou as operações da LeTourneau Technologies Comércio de Equipamentos Industriais do Brasil Ltda., atual distribuidor para o Brasil.
 
 

0 comentários:

Postar um comentário

EXPEDIENTE: Heavy Machinery - Museum - primeiro museu eletrônico de máquinas e equipamentos pesados do Brasil, é parte integrante do Canal Máquinas & Equipamentos Pesados. É proibido copiar os artigos e fotos deste canal, sem a prévia autorização do autor, ou titular dos mesmos. Qualquer artigo copiado ou fotos, devem conter a fonte original. Espero que todos os leitores saibam produzir seus artigos sem infringir os Direitos Autorais sobre sua Propriedade Intelectual, nos termos da Lei 9610-98 (artigos 101 à 110). Plágio é crime e está previsto no Código Penal (artigos 184 à 186). Todos os artigos estão baseados em informações vigente na data da publicação. O autor se reserva o direito de alterar os artigos sem aviso prévio.

  © Blogger template Foam by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP