.

.

Poclain S. A.

sábado, 24 de dezembro de 2011


A Poclain foi a inspiração e a criação de um homem, um agricultor, por origem, nascido numa pequena aldeia do Norte de Paris, em Oise região da França.

Seu nome era Georges Bataille (1897 - 1975), um homem que tinha o raro dom de gênio inventor e um sonho de “um dia se tornar um industrialista e uma pioneiro em progresso”.

Sendo assim, Poclain era uma empresa familiar; fundada por Georges Bataille em 1927 na França e, em seguida, desenvolvido por seus filhos Pierre e Claude Bataille, com a ajuda de Jacques e Bernard Bataille.

O pequeno atelier de reparação de equipamentos agrícolas, criado nesse ano, transformou-se em 1930 na indústria e tomou o nome de “Ateliers de Poclain”.


* A Poclain S. A.

Tudo começa em 01 de maio de 1927, com a fundação da empresa "Bataille & Léger". A empresa era dedicada em mecânica de veículos e tratores. Após sua dissolvição, nascia a Ateliers de Poclain em 12 de dezembro de 1930.

Em 1948, deu-se a criação de 02 empresas (voltadas para atividade comercial e industrial). Ambas acabaram se fundindo (em 1953) e, em 1962, teve sua razão social alterada para Poclain S. A.


* Os modelos de escavadeiras

A empresa começou na atividade comercial em 1938, quando construíram um dispositivo adaptado para o carregamento e equipado com uma única roda dianteira e pneus, o “Trirou" de cinco funções diferentes.

Em 1951, inventou a primeira escavadeira hidráulica: a TU (imaginada desde 1949) e em 1956, a TO.

Em 1961, após anos de modificações e melhorias em seus modelos anteriores, Georges Bataille e seu filho Pierre, que naquela época era chefe de investigação e desenvolvimento, revelaram o famoso TY 45, que foi um extraordinário sucesso mundial, comercializado em mais de 120 países. Ao longo dos próximos 21 anos de produção foram construídas 30.000 unidades.

Em 1962, o capital da empresa é aberto ao público e o título Poclain é introduzido em Bourse de Paris.

Outros modelos vieram, a TC45 (em 1962), a FY30 (em 1963), a GC120 (em 1964), a FC30 e a TCS (em 1965).


* A caminhada da empresa

Prosseguindo o seu desenvolvimento, Poclain criou uma unidade de produção em série à Crépy-en-Valois e deu uma licença de fabricação a sociedade japonesa Yutani (em 1962).

A rede comercial de Poclain se estendeu e, em 1963, filiais são criadas em Estados Unidos, na Inglaterra e Canadá, elevando para nove o número de agências de vendas, com a Bélgica, a Espanha, a Itália, os Países-Baixos e Áutria.

Em 1963, criou uma fábrica em Compiègne, para o fabricação de carrocerrias de escavadeiras. De 1966 a 1968, deu-se a criação de duas novas filiais para Hong Kong e México.

Ao mesmo tempo, Poclain aumenta a sua gama de produção com os modelos LC e LY80 (em 1966 e 1967 respectivamente).

Em 1967, Pierre BATAILLE, filho do fundador da empresa, lhe sucede ao cargo de Presidente-Diretor geral. O novo presidente estava trabalhando no desenvolvimento da TU.

Talvez até maior do que o seu gênio inventivo, foi a capacidade de Georges BATAILLE para organizar e planejar o futuro - buscando a inovação e melhoria técnica, formando uma organização de especialistas, construindo uma rede internacional de vendas e serviço, e preparar o seu filho Pierre para suceder-lo.


* A criação de PPM

Em associação com Potain, líder mundial em guindatsres de torre, Poclain cria em 1967, a empresa Potain-Poclain-Matériel (PPM), destinado a fabricação de guindastes móveis, cuja produção iniciou-se no ano seguinte. A sede e a unidade fabril de PPM são instaladas em Montceau-les-Mines.

Em 1984, a empresa foi adquirida pela Case-Tenneco. Em 1987, a linha de guindastes P&H é integrada à PPM por licenciamento da Harnischfeger Corporation.

A PPM foi adquirida pelo grupo Legris Industries (em 1988) e Terex Corporation (em 1995) que, por sua vez, mudou o nome da empresa para Terex-PPM.

Em 2004, Terex-PPM tornou-se Terex Cranes France.


* A Poclain Hydraulics

No ano de 1968, Poclain criou uma nova divisão: Poclain Hydraulics, com a abertura da fábrica em Verberie.

No entanto, Poclain assume o controle da empresa espanhola Talleres Unidos S.A., que além de seus produtos, fabricou escavadeiras Poclain.

Também em 1968, Poclain ampliou sua gama de escavadeiras e ataca o mercado de grandes máquinas, com o LC 300 e o HC300. Este será o início de um novo estilo de trabalho em terraplenagem, em pedreiras, etc...

Em 1969, Poclain conclui um acordo com a empresa ELF para estudo e fabricação em conjunto de um fluido hidráulico específico POCLAIN.

Em 1970, abriu uma unidade fabril em Carvin, especializado em soldagem. A política de desenvolvimento internacional de Poclain é consagrada no Grand Prix Hors Concours de L'Oscar de L'Exportation em 1970.

Em 1971, Poclain revoluciona o mercado com o EC1000, de 1000 hp, o maior do mundo, 20 anos após a TU. É nesse ano, que a empresa cria uma filial no Brasil. Destaca-se também, a criação de instalações de produção no México e Espanha.

Em 1972, Poclain implementa uma fábrica em Tournai (Bélgica) para a produção de escavadeiras.

Contudo, em 1974, cria uma filial de Poclain Hydraulics na Irlanda. Uma fábrica de componentes hidráulicos será inaugurada no ano seguinte.

Ademais, Poclain deu mais um passo em frente na sua concepção de escavadeiras hidráulicas. Na Expomat 74, quatro novas máquinas fizeram o seu aparecimento: a 400C, a 600C, a 115P e a 160P.

Estes são os primeiros modelos de uma nova gama de escavadeiras muito diferente das anteriores, por sua concepção hidráulica (através do sistema VARIODYN) e sua aparência externa.

Em 1976, Poclain firma um acordo comercial com a Volvo BM. Nesse mesmo ano, é fundada a Poclain Hydraulics Company.


* A venda para a J. I. Case Company

Infelizmente, os Batailles foram obrigados a vender parte da empresa (40%) para a J.I. Case Company em 1977, que então assumiu completamente em 1986 (com 98,7%), deixando-lhes apenas a divisão hidráulica.

Lembremos, por exemplo, de alguns modelos de escavadeiras: a 60PL (em 1980), 75/90/125PB (em 1982), 61P (em 1985) e a 81P (em 1986) sobre pneus; a 350 CK (em 1982), 60CKB (em 1982), 170/220 CKB (em 1985), 610CK (em 1985) sobre esteiras.

Somente os modelos 170 CK-II e 220 CKB tiveram uma produção até 1993, por ocasião do lançamento da Série 90 (9010, 9020, 9030, 9040, 9050 e 9060) de escavadeiras hidráulicas em 1992.

Em 1994, surgiu a Série 90B, baseada nos designs de Sumitomo e compreendia por 06 modelos.


* Passagem pelo Brasil

Poclain produziu escavadeiras hidráulicas, e foi um líder no mercado francês e no mundo, graças a um revolucionário motor hidráulico (criado em 1958 por Claude Bataille).

Ela começou a estudar o mercado latino-americano em 1966 e, em 1968, resolveu abrir uma filial no México. Em 1969, a empresa começou a pensar no Brasil, devido ao seu desenvolvimento.

Embora suas operações no Brasil tenham começado em outubro de 1972, com a instalação de equipamentos e máquinas operatrizes de produção, nas ex-dependências da Giustina do Brasil, a fundação da subsidiária brasileira deu-se em 1971.

O investimento inicial da empresa foi de Cr$2,9 milhões, e previsto uma ampliação para Cr$4,4 milhões, até o final da execução do projeto.

Nos 5500m² de área construída em Conselheiro Lafaiete (km 357 da BR-135), a Poclain iniciou suas atividades, em fevereiro de 1973, com o lançamento no mercado de 07 (sete) modelos de escavadeiras, sendo 03 (três) sobre rodas e 04 (quatro) sobre esteiras.

Em 1979, anunciou sua integração operacional, beneficiando as atividades comerciais e logísticas, as quais já vinham sendo integradas em caráter experimental, satisfazendo ambas empresas.

Em 1998, a Case iniciou a comercialização no Brasil das escavadeiras hidráulicas da Série 90B, marcando o fim dos modelos Case-Poclain.

Vale lembrar, que uma subsidiária de Poclain Hydraulics foi criada no Brasil em 2006.


0 comentários:

Postar um comentário

EXPEDIENTE: Heavy Machinery - Museum - primeiro museu eletrônico de máquinas e equipamentos pesados do Brasil, é parte integrante do Canal Máquinas & Equipamentos Pesados. É proibido copiar os artigos e fotos deste canal, sem a prévia autorização do autor, ou titular dos mesmos. Qualquer artigo copiado ou fotos, devem conter a fonte original. Espero que todos os leitores saibam produzir seus artigos sem infringir os Direitos Autorais sobre sua Propriedade Intelectual, nos termos da Lei 9610-98 (artigos 101 à 110). Plágio é crime e está previsto no Código Penal (artigos 184 à 186). Todos os artigos estão baseados em informações vigente na data da publicação. O autor se reserva o direito de alterar os artigos sem aviso prévio.

  © Blogger template Foam by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP