.

.

Mercado Brasileiro: milestones (1861 - 1949)

sábado, 11 de janeiro de 2014


Paralelamente ao grande impulso que teve a indústria mecânica nacional durante os anos da II Guerra Mundial (1939 – 1945), em decorrência das dificuldades para importação nessa época, surgiu em nosso país, a indústria de máquinas rodoviárias.

Constituiu originalmente na fabricação de implementos, acessórios às máquinas existentes e peças de reposição por oficinas mecânicas de pequeno porte, que executavam os conjuntos sem seguir especificações técnicas rigorosas.

Até o final da década de 40, o panorama dessa indústria pouco se modificou. A ausência de programas intensivos de construção de estradas, que demandavam grande soma de recursos, foi sem dúvida alguma responsável pelo entorpecimento do crescimento desse setor do parque mecânico nacional.

Assim, de um mundo de expectativas e esperanças, traça-nos um momento de reflexão, quando o reconhecimento do passado lança luzes sobre o futuro

  
1861

* No dia 23 de junho, inauguração da Estrada União e Indústria, entre Petrópolis e Juiz de Fora pelo Imperador Dom Pedro II e a Família Imperial

Os trabalhos de construção tiveram início em 12 de abril de 1856, tendo o primeiro trecho inaugurado em 18 de abril de 1858 e, ligava Vila Teresa a Pedro do Rio, num total de 30.865 metros.


1911

* O Presidente da República dos Estados Unidos do Brasil, Hermes Rodrigues da Fonseca (1910 - 1914) assinou o decreto que autorizou a instalação da lngersoll-Rand Company no Brasil.


1917

* O Presidente da República dos Estados Unidos do Brasil, Venceslau Brás Pereira Gomes (1914 - 1918) assinou o decreto que autorizou o funcionamento da lnternational Machinery Company no Brasil.


1918

* Chega ao Brasil, o primeiro trator de esteiras de Caterpillar. No ano de 1936, a empresa possuía um revendedor no país.

Em outubro de 1954, no 11º Cartório do Rio de Janeiro, era lavrada a escritura de constituição da Caterpillar Brasil S. A. - Máquinas e Peças.



1919
* A J. I. Case Threshing Machine Company chega no Brasil. O Presidente da República dos Estados Unidos do Brasil, Epitácio Lindolfo da Silva Pessoa (1919 - 1922) assinou o decreto que autorizou a instalação da Case no Brasil.

Em 1958, era constituída a J. I. Case do Brasil - Comércio e Indústria Ltda..


1926

* O Presidente da República dos Estados Unidos do Brasil, Arthur da Silva Bernardes (1922 - 1926) concedeu a International Harvester Export Company autorização para funcionar em nosso país.

A empresa era distribuidora no Brasil, na cidade do Rio de Janeiro - RJ, dos produtos da International Harvester Co., Chicago, tais como: tratores e máquinas agrícolas em geral e dos caminhões International.

Em 1946 foi fundada a International Harvester Máquinas S. A.


1927

* Através do Decreto Federal 5.141, em 05 de janeiro, deu-se a criação do Fundo Especial para Construção e Conservação de Estradas de Rodagens Federais, para financiar o desenvolvimento rodoviário do Brasil. No mesmo mês são organizadas duas comissões de engenheiros, encarregas da construção dos dois primeiros trechos de rodovias federais: Rio- São Paulo e Rio - Petrópolis.

* Fundada a Sociedade Technica e Commercial Ltda. Através de seu departamento de máquinas para estradas de rodagem, construções e industriais, a empresa representava a Allis-Chalmers Mfg. Co., a The Marion Steam Shovel Co. (escavadeiras e guindastes) e outras marcas.

* Realizada em dezembro desse ano, a 5ª Exposição de Automobilismo no Palácio das Indústrias. Destacam-se a presença dos tratores de International Harvester e as niveladoras de Austin.


1934

* Fundada a Sotema - Sociedade Técnica de Materiais. A empresa se conceitou na representação de máquinas rodoviárias (Allis Chalmers, Barber-Greene, Bucyrus-Erie, Joy, Paceco, Fruehauf, e outras) no Brasil.

A empresa vendeu no período até 1940, os primeiros tratores de esteiras. Nos anos seguintes alugava suas linhas desde os scrapers até as usinas de asfalto, contribuindo com a construção de estradas no Brasil.


1935

* A empresa Bucyrus-Erie envia a maior dragline do mundo para serviço no Brasil.


1939

* Criada a Camargo Corrêa & Companhia Ltda., por Sebastião Camargo e Sylvio Brand Corrêa.


1941

* Chega a São Paulo, procedente de Nova York, Estados Unidos, o Sr. John Q. McDonald, Exporter Manager da Caterpillar Tractor Company, que veio ao nosso país em visita de inspeção às diversas firmas distribuidores dos produtos da afamada fábrica, em todo o território nacional.


1942

* Criada em 1° de junho, através do decreto-lei n° 4.352, a CVRD - Companhia Vale do Rio Doce. O sucesso da CVRD na Europa, principalmente na Alemanha Ocidental, trouxe para o Brasil vários equipamentos, dentre eles, os caminhões fora-de-estrada de Euclid e o guindaste Krupp-Ardelt.

1944
* Fundada a Construtora Norberto Odebrecht S.A. pelo engenheiro Norberto Odebrecht.


1945

* Criado o DNER - Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (governo autônomo), desmembrando da administração direta (existente desde 1937).


1948

* Nasce a Construtora Andrade Gutierrez, criada por Flávio Gutierrez e os irmãos Gabriel e Roberto Andrade.

* A Sociedade de Engenharia H. Fialho & Morelli Ltda, demonstrou o funcionamento do maior trator de esteiras que já chegou ao Brasil, o Allis-Chalmers HD-19.

* A BRASIMET S/A é nomeada representante exclusiva para todo território nacional da Unit Crane & Shovel Corporation, fabricante das escavadeiras Unit.



* Foto: anúncio da Satic S/A Importação e Comércio, distribuidora dos produtos de Michigan Power Shovel Company (em 1948). 
* Nota: as informações acima estão em forma resumida. Para maiores detalhes consulte o autor. 

0 comentários:

Postar um comentário

EXPEDIENTE: Heavy Machinery - Museum - primeiro museu eletrônico de máquinas e equipamentos pesados do Brasil, é parte integrante do Canal Máquinas & Equipamentos Pesados. É proibido copiar os artigos e fotos deste canal, sem a prévia autorização do autor, ou titular dos mesmos. Qualquer artigo copiado ou fotos, devem conter a fonte original. Espero que todos os leitores saibam produzir seus artigos sem infringir os Direitos Autorais sobre sua Propriedade Intelectual, nos termos da Lei 9610-98 (artigos 101 à 110). Plágio é crime e está previsto no Código Penal (artigos 184 à 186). Todos os artigos estão baseados em informações vigente na data da publicação. O autor se reserva o direito de alterar os artigos sem aviso prévio.

  © Blogger template Foam by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP